Outubro 10, 2014 § Deixe um comentário

bookCover3D3iluminadaConhece a sinopse da história aqui

Sabe onde comprar aqui (links para lojas online)

Vives fora de Portugal? Sabe tudo aqui

O Bater do Coração – Livraria Cultura (Brasil)

Março 10, 2015 § Deixe um comentário

Diogo Simões

capa original

Vives no Brasil?

Podes agora adquirir o teu exemplar d´O Bater do Coração pela Livraria Cultura .

View original post

O 2º Lançamento d´O Bater do Coração em Fotos

Janeiro 30, 2015 § Deixe um comentário

Alguma das fotografias do evento

Diogo Simões

2015-01-16 21.10.462015-01-16 22.24.082015-01-16 22.31.20

View original post

2º Lançamento d´O Bater do Coração

Dezembro 29, 2014 § Deixe um comentário

Boa tarde caros leitores e seguidores.

Fotografia

É com grande alegria que vos anuncio uma nova data para o lançamento do meu romance: O Bater do Coração. Será 6 meses depois do lançamento, a 16 de Janeiro, na FNAC do Leiria Shopping.

A tua presença é, como tal, bastante importante para mim.

Se queres saber mais sobre a história, descobre aqui. Podes passar sempre pela página das Citações da Obraconvite_bater_coração_16_jan

Se já leste a história, não te esqueças dos exclusivos para ti: Carta do Dia dos Namorados bem como as Cartas de Natal.

Desktop3

Feliz Natal e um Bom Ano Novo

Dezembro 24, 2014 § Deixe um comentário

Fotografia

Boa tarde leitores!

Tem sido um ano fantástico e só tenho de expressar a minha gratidão para convosco! Desde o crescimento aqui no Facebook, quer aos seguidores e visitas nos blogues ou até mesmo ao giveaway d´O O Bater do Coração que se seguiram depois do seu lançamento.

Espero, como tal, que corra tudo bem com vocês e que não deixem de ler. Ler é algo fantástico e é essa paixão que me faz escrever, tanto para mim, como para vocês!

Desejo-vos um feliz Natal e uma grande entradano novo ano que se avizinha que, pelo meu lado, terei já algumas novidades para vos dar ehehe!
Beijos e abraços!

Diogo Simões

P.S.: Se já leram O Bater do Coração, não se esqueçam da carta do dia dos namorados para a Laura bem como das cartas de natal.
Encontram facilmente tudo em https://obaterdocoracao.wordpress.com !

Para todas as novidades e acontecimentos : https://diogosimoeswrite.wordpress.com/
Podem também subscrever por e-mail.

“Minha querida Laura”

Dezembro 23, 2014 § 2 comentários

Já leste a carta que a Laura escreveu à avó? Se não, lê antes de leres a resposta da sua avó.

(ATENÇÃO!: A CARTA PODE CONTER SPOILERS)

Minha querida Laura,

O meu coração enche-se de alegria ao saber o bem que te estás a dar com a tua mãe. Tendo passado contigo estes meses de verão, fico sempre surpreendida pela tua força, determinação e otimismo. A minha filha iria ficar orgulhosa!

Por aqui tem-se sentido o frio e devo confessar que a velhice não ajuda já. Ando praticamente de robe vestido, a não ser nos dias em que vou ao mercado (onde o Chris faz questão de me acompanhar), ou quando vou ver as decorações de natal que aqui temos. Acredito que a beleza destas luzes não transponha as que viste, mas estou desejosa de que venhas passar cá umas semanas depois do natal para contemplares este meio que te acolheu numa altura tão difícil…

Confesso que a tua carta me fez sentir saudades de ter a tua idade. Tão cheia de alegria, de vida. Em tempos, com o teu “avô”, fiz exatamente os mesmos percursos que tu. Claro que era tudo muito diferente, mas o natal era sempre o natal para nós. Podíamos “namorar” e passear com o consentimento de todos e aproveitar o tempo juntos.

Relembrar isto faz-me lembrar do que referiste na tua carta, no facto de eu ter pedido a minha filha… Não posso negar no difícil que é lidar com as lágrimas constantes que aparecem nestes olhos que tudo já viram. Lágrimas que aparecem quando passo pelo teu quarto ao acordar, lágrimas que aparecem quando preparo o seu prato favorito, ou mesmo quando montei a árvore de natal juntamente com a minha vizinha, a Elisabeth. Foi algo bastante gratificante e que, decerto modo, me trouxe alguma paz. Ainda me lembro do toque cuidado da minha filha nos efeitos, quando tinha os seus seis anos, sabes? Era com tanta dedicação que colocava as bolas e depois as luzes que nem deixava mais ninguém mexer na árvore até ao dia de reis.

Suspirar já me causa alguma dor no peito… a constipação não perdoa, mas é com este suspiro que finalizo esta carta, mostrando a minha gratidão pelo convite da tua mãe e teu. Espero que ainda se mantenha de pé para passar o natal junto de vocês.

Beijinhos.

Avó Van

 

Carta de Laura

Dezembro 18, 2014 § 1 Comentário

A nossa Laura andou inspirada com esta música… estão agora curiosos para saber o que é?

(ATENÇÃO!: A CARTA PODE CONTER SPOILERS)

Olá Avó Van,

Devo confessar-lhe que começar a escrever esta carta foi uma aventura, principalmente pelas saudades que começam a apertar pela minha ausência ao longo deste mês (apesar do seu incentivo em vir passar este mês com os meus pais). Foi mesmo sobre esse tema que eu e o Chris estávamos a falar quando ele me sugeriu que eu lhe escrevesse. Sabe como ele e as palavras têm uma relação íntima, pelo que me sugeriu que tentasse…

Parece-me importante referir a passagem do tempo dada a distância que nos separou e me impediu de estar consigo. Aqui as ruas já estão enfeitadas, não muito, mas já dá para que a alegria encha os nossos corações. Vejo essa mesma alegria no meu irmão, não só quando se junta às outras crianças a brincar pela rua, mas também em casa. Nestes quinze dias a escola deixou de ser tema de conversa para dar lugar a temas como as prendas que ele quer receber, ou para falar da ceia da véspera de natal. Ele é como eu: adoramos esta quadra.

Mas o tempo também passa por mim… Nem acredito que já passou praticamente meio ano desde aquela tragédia. Confesso-lhe que às vezes, durante a noite, ainda choro silenciosamente por eles. Ao sair à rua e ver as luzes de natal só me faz lembrar da alegria que reinava na nossa casa, do conforto dos lençóis da minha cama, ou mesmo do gesto da minha mãe, em me trazer chocolate quente à cama. Acredita que só agora me lembro disto? Deste “pequeno” gesto? O Chris apanhou-me a chorar umas duas vezes… Disse-me que também lhe acontece o mesmo ao pensar no irmão, na alegria que tinha dado à família. Ele está bem, já agora, o Chris. Fomos à Avenida Champs-Élyséesa a semana passada passear e comprar as prendas de natal. Gostava que tivesse visto as iluminações daquela avenida. Vão até ao Arco do Triunfo e é mesmo algo para se ficar a contemplar pelo resto da noite. Estou igualmente radiante pelo namorado que arranjei já que a paciência dele para me acompanhar na tarefa tão difícil que é escolher roupa ultrapassa qualquer coisa. Tirei uma fotografia que lhe vou mandar junto com esta carta, com a esperança de vir aqui consigo ainda este ano… A Nicole também tem estado comigo sempre que o David a consiga cá trazer. E ontem? Ontem esteve cá a ajudar-nos a decorar a árvore de natal. Acredita que ela apanhou de propósito o TGV para ir a Londres comprar decorações de natal? Nem imagina a cara do Daniele quando soube, caso para dizer que ficou “piurso”.

Conhecer a minha mãe tem sido das melhores coisas que me aconteceu e de desconhecidas passamos rapidamente a ser amigas e, quando nos encontramos na sala a meio da noite para ver aqueles filmes que agora passam da época natalícia, trocamos as nossas confidências e, a pouco e pouco, nos vamos aproximando.

Conhecer o seu marido tem também sido algo bastante bom. Passámos de momentos constrangedores de silêncio, para conversas sem fim. Acredito (e espero que assim seja) que não será difícil chamar-lhe de pai…

Não consigo imaginar como está a ser para si este mês. O natal é sempre sinónimo de família, e acredito que perder um filho não seja fácil… O que aprendi este ano é que o tempo, é, realmente, o nosso melhor amigo. Não me esqueci do passado, não, até penso que ele está mais presente em mim. Parece que me liguei mais a ele. Será que isto é sequer possível? Mas sinto-me bem… a tristeza que tinha escondida em mim pareceu desaparecer. Apenas guardo as coisas boas e as essenciais que me fazem ser que eu sou.

Vejo que me alonguei… o Chris tinha mesmo razão… Eu sei que ele continua ir ai a casa e ajudá-la com as coisas todas, só espero que ele não lhe tenha contado nada das minhas intenções, para não estragar a surpresa: Quero assim convidar a melhor avó do mundo para passar o natal connosco. A minha mãe ficou radiante com a ideia de a conhecer e, para mim, significaria o mundo ter as duas mulheres mais importantes da minha vida na mesma casa.

É já de lágrimas nos olhos que me despeço, com a promessa de conseguir agora conciliar mais esta minha nova vida.

Muitos beijinhos,

Laura

P.S.: Ficarei dia e noite ao pé do correio à espera de uma resposta sua!

champs-elysees-no-Natal-1024x634

A Laura andou inspirada…

Dezembro 18, 2014 § 1 Comentário

A nossa Laura andou inspirada com esta música…

Não percam logo uma prenda de natal para os leitores d´O O Bater do Coração

https://obaterdocoracao.wordpress.com/